Publicado em Nível de dificuldade: alto, Pães, Receitas Tradicionais, Tempo de cozimento: longo

Sonhos de Padaria. Aqueles, passados no açúcar com canela e recheados de creme…

Sonhos.

Uma massa doce, leve e macia que é frita e passada no açúcar com canela para depois ser recheada de creme… uma perdição.

Sonhos recheados de Creme de Confeiteiro.
Sonhos recheados de Creme de Confeiteiro.

Depois de um bom sonho, qualquer dia parece melhor.

Agora uma curiosidade. enquanto que aqui no Brasil comemos sorvetes, churros, Biscoito Globo e milho verde quando estamos na praia, em Portugal o petisco preferido  são as  Bolas de Berlim, nome pelo qual sonhos são conhecidos por lá. Eu diria que eles tem muito bom gosto para petiscos…

Bolas de Berlim. O Sonho dos portugueses.
Bolas de Berlim. O Sonho dos portugueses.

Vamos então à receita. E não pensem que foi fácil chegar à ela. A primeira que fiz ficou pesada, a segunda abatumou quando frita… estava quase desistindo quando achei essa.

A diferença? Leva pinga na massa o que me fez pensar que, se a pinga deixa o pastel mais leve e cheio de bolinhas quando frito então, ela provavelmente terá um efeito parecido no sonho. Bingo! Ficou perfeito.

Ingredientes:

  1. 15gr de fermento fresco para pães.
  2. 50gr de açúcar.
  3. 100ml de leite morno.
  4. 60gr de manteiga sem sal em ponto de pomada.
  5. 1 ovo.
  6. 1 colher de sopa de aguardente.
  7. Raspas da casca de 1\2 limão.
  8. 350gr de farinha de trigo.
  9. Açúcar e canela o quanto baste.
  10. Uma receita de Creme de Confeiteiro.

Modo de Fazer:

Dissolva o fermento no açúcar, adicione o leite e espere começar a formar bolhas.

Adicione a manteiga, o ovo, a aguardente e as raspas de limão. Mexa até misturar.

Coloque a farinha de trigo e sove até obter uma massa lisa e elástica.

Coloque em uma tigela, cubra com plástico e tampe com uma toalha grossa.

Deixe crescer em lugar ao abrigo do vento até dobrar de volume.

Sove novamente, estenda com um rolo sem deixar muito fino. entre 1,5 e 2 cm.

Usando um aro ou uma xícara de chá recorte círculos da massa e deixe crescer por uns 20 minutos.

Aqueça o óleo. Aqui uma DICA IMPORTANTE: a temperatura do óleo não ´pode ser muito quente senão os sonhos ficam corados por fora e massudos por dentro. Para conseguir a temperatura certa, levei a chama do meu fogão ao máxim e girei como se fosse apagá-lo. Quando consegui a chama mais baixa possível a temperatura do óleo se estabilizou de forma correta. Veja a diferença no vídeo.

Misture, em um saco plástico açúcar e canela. Chacoalhe e passe os sonho pela mistura.

Corte os sonhos de forma a criar uma cavidade neles mas sem cortá-los na metade e recheie com Creme de Confeiteiro.

Veja a receita completa, passo a passo, no vídeo abaixo.

Aí estão. Deliciosos e perfeitos para encantar seus filhos no Dia das Crianças.

Afinal tem coisa mais doce do que os sonhos da infância?

Boa noite a todos.

Autor:

Gosto de cozinhar porque acho que existe algo de mágico e misterioso no ato de escolher ingredientes simples, disponíveis na natureza a milhares de anos, e transformá-los em uma comida que encanta, primeiro pelo aroma, depois pela cor e por último pelo sabor. Essa alquimia é capaz de nos surpreender a cada vez que repetimos uma receita. Exemplo: Peixe fresco, com molho de ervas, guarnição de legumes e purê de batatas. Simples, fácil e perfeito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s