Publicado em Uncategorized

A Menina que Roubava Livros e a Sopa de Ervilha

Uma combinação encantadora: literatura e receitas. Recomendo.

Capitu Vem Para o Jantar

Machado de AssisNível: Apenas 1 Machado

Quem leu “A Menina Que Roubava Livros“, de Markus Zusak, com certeza se lembra da Sopa de Ervilha da Mama Rosa. Aprenda a fazer esta delícia (Prometo que esta é mais gostosa do que a sopa aguada de Rosa, ok?).

Sopa de Ervilha de A Menina Que Roubava Livros

Os últimos dias têm sido calorentos em São Paulo. Quer dizer, calorento é apelido. Tenho dormido com o ventilador ligado e a janela aberta quase todas as noites. O problema é que dormir de janela aberta é um perigo. É que moro pertinho do Parque da Aclimação e, bem, o perigo aqui vem por conta dos morcegos.

É sério. Certa vez, lá estava eu limpando a casa e encontrei umas bolinhas estranhas na varanda do apê. Meu pai disse que era coco de rato. Pensa como eu fiquei? Como um rato sobe nove andares? Como assim? Como? Como? Pior mesmo foi dormir sabendo que…

Ver o post original 736 mais palavras

Autor:

Gosto de cozinhar porque acho que existe algo de mágico e misterioso no ato de escolher ingredientes simples, disponíveis na natureza a milhares de anos, e transformá-los em uma comida que encanta, primeiro pelo aroma, depois pela cor e por último pelo sabor. Essa alquimia é capaz de nos surpreender a cada vez que repetimos uma receita. Exemplo: Peixe fresco, com molho de ervas, guarnição de legumes e purê de batatas. Simples, fácil e perfeito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s