Publicado em Comida de boteco, Dicas, História, Lancheira Saudável, Massas, Pizzas, Focaccias e Tortas Salgadas, Salgadinhos

Pizza Enrolada. Formato perfeito para beliscar.

Pizza, pizza, pizza…

O brasileiro adora pizza. Independente da região, do credo religioso, da opção sexual e do time de futebol, se exite uma unanimidade no Brasil, essa é  de que “tudo acaba em pizza”.

Runião de amigos: pizza.

Encontro de namorados: pizza.

Jantar de final de smana em família: pizza.

Aniversário: pizza.

Amigo secreto: pizza.

Confraternização de final de ano: pizza.

Processos envolvendo denúncias contra políticos de direita, esquerda e centro (se é que isso ainda existe): pizza.  Sobre a origem da expressão e a História da pizza leia aqui.

Enfim, para o bem ou para o mal, amamos pizza.

A receita abaixo traz a “pizza nossa de cada dia” em um fomato diferente. Enrolada. A vantagem desse formato é dispensar  o uso de pratos e talheres, facilitando o ato de servir e compartilhar o petisco em diversas situações. Por exemplo, durante uma partida de futebol.

Nada mais oportuno levando em conta o quanto salgada e indigesta está sendo essa pizza para o brasileiro.

O único cuidado que deve-se ter é não adicionar nenhum ingrediente  que solte líquido ao recheio, como tomates, por exemplo.

Prepare meia receita da Massa básica para pães, pizzas e esfihas e deixe crescer até dobrar de volume.

Amasse novamente e estenda com o rolo de macarrão formando um retângulo.

Adicione o recheio de sua escolha. Coloquei mussarela, presunto, parmesão e manjericão.

image

Enrole e una as pontas. Deixe crescer por 30 minutos.

Asse em forno pré aquecido a 220 graus até a massa ficar corada. Se quiser uma massa mais macia do que crocante, pincele uma gema de ovo batida com duas colheres de sopa de azeite de oliva por cima.

image

Perfeita para compartilhar com familiares e amigos.

Autor:

Gosto de cozinhar porque acho que existe algo de mágico e misterioso no ato de escolher ingredientes simples, disponíveis na natureza a milhares de anos, e transformá-los em uma comida que encanta, primeiro pelo aroma, depois pela cor e por último pelo sabor. Essa alquimia é capaz de nos surpreender a cada vez que repetimos uma receita. Exemplo: Peixe fresco, com molho de ervas, guarnição de legumes e purê de batatas. Simples, fácil e perfeito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s