Publicado em Bolos e Tortas Doces, Frutas, Nível de dificuldade: fácil, Receitas de baixa caloria, Sobremesas, Tempo de Cozimento: rápido

Torta de Pêssego Tereza Cristina

image

Olá, essa receita trás  consigo implicações surpreendentes.

A primeira, e mais óbvia, é que começou a safra de pêsssegos. Assim, temos a nossa disposição pequenos, suculentos e doces pêssegos.

A segunda é que, em se tratando de uma cidade quente como o Rio de Janeiro,  esses frutos “passam” do ponto muito rápido, atraem mosquitos e se perdem.

A terceira e última implicação, porém não a menos importante, é que recebi a visita de minha sogra, Tereza Cristina, que retornou a sua casa hoje, mas não sem expressar sua preocupação com o destino dos pêssegos que ela não conseguiu comer e com a massa de torta que deixou pronta.

Por esses três motivos aqui está uma receita deliciosa de Torta de Pêssego em homenagem a Tereza Cristina. Espero que gostem… Parece pêssego em calda.

P.S. Coloquei um pouco de banana pois o pêssego,não era o suficiente.

Ingredientes:

MASSA FROLA:

  1. 250 g de farinha de trigo.
  2. 125 g de manteiga amolecida.
  3. 100 g de açúcar.
  4. 1 ovo.
  5. 1 pitada de sal.

Modo de Fazer:

Misture a manteiga, o açúcar e o sal em uma vasilha.

Acrescente o ovo e misture novamente com a palma das mãos. Nunca com a ponta dos dedos.

Peneire a farinha e misture, novamente com a palma das mãos. Se estiver muito pegajosa, adicione um pouco mais de farinha.

Enrole em um saco plástico e leve para gelar por 1 hora.

Estenda, colocando-a entre dois sacos plásticos, com o rolo  de macarrão.

image

image

Coloque a massa em um refratário e leve para assar por cinco minutos em forno pré aquecido a 200 graus.

RECHEIO:

  1. Frutas picadas.
  2. Açúcar a gosto.
  3. Suco de um limão.p

image

Modo de Fazer:

Misture os ingredientes e coloque sobre a massa.

image

Se sobrar massa, faça tiras trançadas sobre as frutas. Caso a massa não seja suficiente, esmigalhe as sobras e salpique.

image

image

image

Autor:

Gosto de cozinhar porque acho que existe algo de mágico e misterioso no ato de escolher ingredientes simples, disponíveis na natureza a milhares de anos, e transformá-los em uma comida que encanta, primeiro pelo aroma, depois pela cor e por último pelo sabor. Essa alquimia é capaz de nos surpreender a cada vez que repetimos uma receita. Exemplo: Peixe fresco, com molho de ervas, guarnição de legumes e purê de batatas. Simples, fácil e perfeito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s