Publicado em Bolos e Tortas Doces, Confort Food, Nível de dificuldade: médio, Pães, Receitas Tradicionais, Tempo de Cozimento: médio

Cuca Alemã com Crosta de Amêndoas

Streuselkuchen (cuca de açúcar – a rainha de todas as cucas) é presença indispensável para receber bem uma visita, quando alguém na família aniversaria ou quando as comunidades realizam suas festas. Na região de Santa Cruz o sábado é dia de aroma no ar em muitos lares, é dia de fazer Kuchen para o final de semana. Mas você já pensou sobre a origem da cuca de açúcar e de suas variantes com cobertura de frutas (Obstkuchen)?

Kuchen feito com fermento químico, nós conhecemos por bolo. A Streuselkuchen é uma forma de Blechkuchen (como são conhecidas as cucas com fermento biológico). Seu lugar de origem é a antiga Silésia (Schlesien), seguido pela Prússia (Preußen) de onde um considerável número de alemães veio para construir vida na Kolonie Santa Cruz. A delícia aqui se constituiu em um dos símbolos da região.

http://www.25dejulho.com.br/portal/index.php/cultura-germanica/gastronomia/64-streuselkuchen-cuca

Não sou descendente de alemães, mas passei minha vida inteira comendo essas Cucas que são uma das maiores especialidades culinárias da minha mãe.

Hoje em dia é muito difícil encontrar Cucas preparadas assim, a maioria é uma receita de bolo que se cobre com a farofinha e vende- se como Cuca.

Assim, compartilho com vocês mais essa receita que faz parte de minhas memórias afetivas. Espero que gostem.

Ingredientes:

ESPONJA:

  1. 2 tabletes de 15gr  fermento de pão.
  2. 1 olher de chá de açúcar.
  3. 1/4 de xícara de água morna.
  4. 3 colheres de sopa de farinha de trigo.

Modo de Fazer:

Misture os 4 primeiros ingredientes e deixe essa  esponja descansar 10 minutos se estiver quente e 20 minutos se estiver frio.

image

MASSA:

  1. 4 ovos.
  2. 1/2 litro de leite morno.
  3. 4 xícaras de açúcar. Não se apavore, essa receita rende três formas de bolo inglês e mais uma forma retangular média.
  4. Especiarias: noz moscada, raspa de um limão, cravo moído, erva doce… A gosto.
  5. 200 gramas de manteiga s/s.
  6. 1 quilo o de farinha de trigo. Coloque 750 gramas e adicione o restante aos poucos.

FAROFA DE AMÊNDOAS:

  1. 100 gramas de amêndoas sem pele.
  2. 12 colheres de sopa de açúcar.
  3. 12 colheres de farinha de trigo.
  4. 200 gramas de manteiga s/s.

Modo de Fazer:

Pele as amêndoas cozinhando-as por alguns minutos em água fervente e depois esfregando-as para que a casca se solte.

image

image

Triture a amêndoa com o açúcar.

image

Misture a farinha e a manteiga até formar uma farofinha que lembra migalhas de pão.

image

Modo de Fazer.

Bata os ovos com o leite e as especiarias, adicione o açúcar e a manteiga em consistência de pomada. Bata bem.

image

Coloque a mistura na esponja.

image

Adicione a farinha de trigo e sove muito bem. É uma massa mais densa do que a massa de bolo.

image

Está estressado, Irritado com alguém, aquele cunhado chato apareceu de novo sem ser convidado, o chefe encheu o seu saco. Faça uma Cuca. Sove a massa com gosto, com a mão espalmada, batendo ela de baixo para cima. Use uma bacia grande e funda.

image image

image

image

Não  tem motivo para tanta tensão acumulado, coloque na batedeira coloque  o gancho de massa e deixe ela trabalhar para você.

A massa deve ser batida até ficar aerada e você perceber a formação de bolhas de ar no seu interior.

Tampe a bacia e deixe crescer em lugar quente e abrigado de correntes de vento. O forno do seu fogão é o lugar ideal.

image

Quando a massa tiver dobrado volume, passe óleo nas formas e divida a massa entre elas. Encha somente 1/3 da altura das formas pois essa massa cresce muito.

image

Deixe dobrar de volume.

image

Aqueça o forno  a 180 graus, adicione a farofa de amêndoas e leve as cucas para assar por, mais ou menos trinta minutos Até a farofa ficar corada. Faça o teste do palito também.

image image

Autor:

Gosto de cozinhar porque acho que existe algo de mágico e misterioso no ato de escolher ingredientes simples, disponíveis na natureza a milhares de anos, e transformá-los em uma comida que encanta, primeiro pelo aroma, depois pela cor e por último pelo sabor. Essa alquimia é capaz de nos surpreender a cada vez que repetimos uma receita. Exemplo: Peixe fresco, com molho de ervas, guarnição de legumes e purê de batatas. Simples, fácil e perfeito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s