Risoto Negro com Frutos do Mar.

Risoto.

Fácil ou difícil de fazer?

Depende…

É preciso preparar e servir imediatamente, a preparação leva em torno de 40 minutos, é preciso estar  tempo todo presente enquanto é preparado… Isso tudo o torna difícil de fazer?

Eu diria que o termo seria desafiador, pois depois que você domina o processo torna-se uma receita das mais uteis e versáteis na cozinha.

Vejamos, Risoto de Alcachofra, de Champion, Milanês, de Bacalhau, de Camarão, de Frutos do Mar, de Ragu, esses dias vi um de Rabada…

Além de todas essas opções de ingredientes ainda temos opções em relação ao ingrediente principal, o arroz. Carnaroli, Arbório, Vialone Nano e o exótico Arroz Negro que, apesar de não ser classicamente usado em risotos, tem se mostrado uma opção sofisticada e muito saborosa.
Vejam e imaginem…

foto 3 [106950]

Risoto Negro de Frutos do Mar.


Vamos a nossa aventura, digo receita.

Ingredientes para 4 pessoas:

  1. 2 xícaras de arroz negro.
  2. 2 litros de caldo de peixe.
  3. 1 cebola.
  4. 100 gr de manteiga.
  5. 200 ml de vinho branco.
  6. 500 gr de frutos do mar.
  7. Camarões grandes para a guarnição.
  8. Azeite de oliva.
  9. Sal e pimenta a gosto.

Modo de Fazer:

Quando for a peixaria peça para levar as cabeças dos camarões para casa e prepare com elas o caldo colocando-as para ferver junto com cebola, cenoura e um Buque Garni – (2 ramos de tomilho, 1 folha de louro, 1 talo de salsinha, 1 pedaço de salsão e a parte verde de 1 alho-poró. Coloque todas as ervas dentro do alho-poró e amarre com um barbante.) – e 2 litros de água.

Pique a cebola bem miúda e frite em 50 gr de manteiga até  murchar .

Adicione o arroz e frite por alguns minutos.

Cloque o vinho branco e mexa até o arroz absorver todo o líquido.

Agora começa um processo que só deverá parar quando o arroz estiver pronto.

Adicione um concha do caldo quente ao arroz e mexa até que tenha sido compleetamente absorvido pelo arroz e o mesmo comece a grudar no fundo da panela.

Adicione  caldo todas as vezes que forem necessárias até que o arroz esteja cozido.

Pouco antes de arroz estar pronto, quando o caldo estiver perrto do fim, grelhe os camarões em azeite e tempere com sal e pimenta.

Quando o arroz estiver cozido espere até ele ficar mais seco, com pouco caldo, pois os frutos do mar soltam liquido enquanto cozinham e acrescente-os ao arroz.

Misture, tampe a panela e deixe cozinhar por, mais ou menos, 5 minutos.

Desligue, acrescente o restante da manteiga, mexa e sirva imediatamente acompanhado de um vinho branco bem gelado ou um espumante.

A receita completa pode ser vista clicando o vídeo abaixo.

Risoto Negro de Frutos do Mar.

Divirta-se afinal, Cozinhar é uma Aventura.

Boa noite e bom final de semana a todos.

 

Figo com Gorgonzola, Presunto e Redução de Balsâmico.

O que é uma receita perfeita? É aquela que reúne os ingredientes que você gosta de forma surpreendente.

image

Figo, Gorgonzola, Presunto e Rúcula da Horta em Redução de Vinagre Balsâmico. A perfeição em forma de Entrada.

Esse aperitivo, feito para a Ceia de Natal, representou a perfeição para mim.

Amo figos, adoro queijos azuis, gosto imensamente de presunto, pode ser Parma, Pata Negra, Serrano… E na falta desses até uma boa Copa me cai muito bem. Assim, quando reuni esses quatro ingredientes com pequenas folhas de rúcula da Horta da Cozinha e temperei com uma redução de vinagre balsâmico devo dizer que o resultado me deleitou.

Vamos à receita.

Ingredientes para 4 pessoas:

  1. 4 figos frescos bem maduros.
  2. 50 gr de queijo. Se você não gosto de gorgonzola use outro queijo macio de sua preferência.
  3. 100 gr de presunto.
  4. 1/4 de xícara de vinagre balsâmico.
  5. 2 colheres de sopa de mel.
  6. Folhas de rúcula baby.
  7. Palitos para prender.

Modo de fazer:

Lave bem a casca dos figos e corte-os em quatro no sentido do comprimento.

Corte as fatias de presunto de tal forma que elas possam envolver totalmente o figo ou faça como eu, envolva somente a parte inferior dele formando um barquinho.

Esmigalhe o queijo ou corte em pequenos cubos.

Lave e seque as folhas. Se não encontrar rúcula, use galhos de salsinha, pequenos talos de cebolinha, brotos de manjericão…

Redução de vinagre:

Coloque o mel e o vinagre em uma pequena panela de fundo grosso e leve par ferver até engrossar. Quando você passar a colher e aparecer o fundo da panela está no ponto. Você pode verificar o ponto passando o dedo pelas costas da colher. Se ficar a marca, está pronto.

Montagem:

Coloque o queijo no meio da fatia de figo, envolva com o presunto, coloque a folha, prenda com um palito e adicione uma colher de café de molho.

Não parece perfeito?

Boa tarde a todos.

 

Feliz Ano Novo!

O que eu desejo a vocês nesse novo ano?

Desejo que vocês dancem mais

Cantem mais

Sorriam mais

Abracem, acalentem e embalem a outros e a si mesmos

Doem. Doem seu tempo,  sua paciência, sua esperança, sua compaixão e sua tolerância

Cozinhem. Cozinhem sonhos doces, assem massas que cresçam e que alimentem  o corpo, o coração e a alma. Temperem a vida com o picante das paixões, a doçura do amor, o calor da canela, a suavidade do azeite…

Sejam melhores do que já foram, sejam os maestros de suas vidas pois dessa, são essas as únicas coisas que você irá levar.

Esses são os votos da Cozinha Sincera para você para esse ano e para todos os outros anos de sua vida. Que a cada um deles você possa olhar para trás e ter a certeza de que em cada um, você foi melhor do que no que passou.

Feliz Ano Novo.

Abraços sinceros, Sheila.

image

 

Salada de Frutas com Sorvete de Creme.

Saladas de frutas são versáteis, saborosas, fáceis e agradam a todos… Acompanhadas de uma bola de sorvete de creme…ficam perfeitas.

image

Um pequeno capricho… Cozinhe rapidamente cerejas em uma calda de açúcar com rum.

image

Cerejas…delícia.

image

A perfeição em forma de sobremesa: Salada de Frutas, Sorvete e Cereja em Calda. Experimente.

 

 

Caprese e Refresh… Pequenas opções saudáveis para o “entre festas”.

image

Caprese: fatias de tomate, de mozarela de búfala, folhas de manjericão e tapenade de azeitonas com nozes. Temperada com azeite, sal e vinagre balsâmico. http://cozinhasincera.com/2013/05/26/salada-caprese-com-tapenade-de-azeitonas/

image

Refresh: repolho roxo fatiado, cenoura ralada, abacaxi picado e coentro. Temperada com suco de limão, azeite e sal. Você pode substituir o coentro por hortelã.

 

Salada de Abacate e Quinoa. Vale por uma refeição.

Será que vale mesmo?

image

Salada de Quinoa, Abacate e coentro. Uma refeição completa.

Sobre a Quinoa:

Sobre o Abacate:

Caso ainda tenha dúvidas consulte os links das imagens.

Ingredientes:

  1. 1 abacate maduro picado.
  2. 100 gr de quinoa cozida. É importante enxaguar bem a quinoa antes de cozinhar.
  3. Coentro a gosto. Gosto muito de usar Coentro do Mato que é uma planta nativa do Brasil, cujo gosto e cheiro é idêntico ao do coentro tradicional, mas de cultivo muito fácil e rápido.
  4. Tomate picado, folhas diversas, cebola picada, pimentas… Divirta-se, a salada é sua.
  5. Sal, pimenta e muito limão.

Selecione, pique e monte sua refeição.

image

Coentro do Mato ou Chicória do Pará na Horta da Cozinha.

Comer bem não significa ter muito trabalho. Comer bem significa comer com prazer aquilo que você trabalhou para fazer.

Boa sexta-feira para todos.

Gengibre da Horta.

Colheita de hoje: gengibre.
Plantado a partir de uma raiz pequena de gengibre comprada no mercado.
Espere até que apareça um broto na raiz e plante na Horta ou em vasos deixando a metade da raiz para fora da terra.
É uma planta de crescimento rápido com folhas que lembram bambu.
Além de suas raízes pode-se usar as folhas para chás, caldos e como aromatizador de ambiente.
image.jpg

Bacalhau em Crosta de Amêndoas. Uma alternativa para a Ceia de Natal.

Dia 24 de dezembro. Pleno verão no Hemisfério Sul. Dependendo do lugar em que você mora os termômetros podem estar na casa dos 40º e você olha para aquele peru sobre a pia e sente um calafrio na espinha.

Você sabe o que ele significa.

Uma deliciosa Ceia de Natal? Não se você tiver de preparar todos os acompanhamentos enquanto ele passa 3 ou 4 horas assando na parte debaixo do fogão ao lado da pia em que você está trabalhando.

Ele significa que quanto tudo estiver pronto você estará exausta(o), descabelada(o), suada(o) e se não se cuidar,  desidratada(o).

Se você acha que eu não tenho razão ou que estou exagerando é porque com certeza você nunca preparou uma Ceia assim.

Sejamos sinceros, nossa Ceia de Natal é absurdamente incompatível com o clima de nosso país. Claro que não temos como fugir de nossa herança cultural, claro que herdamos todo um referencial familiar, claro que o marketing envolvendo o lindo, dourado e suculento peru buzina 2 meses a fio em seu ouvido que essa é a melhor idéia que você pode ter de felicidade – aquela cena linda de crianças lindas, junto com uma linda e feliz família reunida na Noite de Natal – mas é isso mesmo que você quer?

Se você ficou em dúvida veja essa sugestão abaixo.

Bacalhau.

image

Bacalhau em Crosta de Amêndoas sobre Ninho de Legumes.

Continuamos dentro do nosso referencial cultural, é uma receita sofisticada, normalmente agrada a diversos paladares, é fácil e rápida de fazer;  os acompanhamentos são simples, saudáveis e diversificados e, caso alguém não goste, você pode preparar um peito de peru recheado como alternativa.

Vamos ver a receita.

Ingredientes:

  1. Bacalhau dessalgado em postas. Cada posta rende duas poções médias e cada quilo tem, em média, 3 postas.
  2. 100 gr de amêndoas sem pele para cada quilo.
  3. Ervas frescas como manjericão, coentro, salsinha…
  4. Azeite de oliva.
  5. Sal e pimenta.
  6. Legumes para acompanhamento. Fatias finas de batata laminadas, cenoura e cebola, purê de batata… Combinações coloridas e que você goste.

Modo de fazer:

Preaqueça o forno a 200 graus.

Separe as postas em duas e retire todos os espinhos. Mantenha a pele.

Tire os pedacinhos de carne do meio dos espinhos e reserve para por em risotos e bolinhos de bacalhau.

Triture as amêndoas no processador.

Veja no vídeo abaixo como é fácil tirar a pele das amêndoas.

Como tirar pele de amêndoas.

Misture com o azeite e as ervas.

Pressione essa mistura sobre a parte sem pele das postas.

Polvilhe com farinha uma assadeira, coloque as postas e leve para assar até dourar. Mais ou menos 30 minutos.

Enquanto o bacalhau assa, prepare o acompanhamento. Cortei cebolas e cenouras à julienne, refoguei no azeite, adicionei tomates cereja e temperei com sal e pimenta.

Servi o bacalhau sobre cama de legumes.

Além de legumes você pode fazer um Arroz de Brócolis de acompanhamento.

Para mais receitas com bacalhau consultar Idéias de Bacalhau.

Veja o vídeo completo dessa receita clicando no link para o canal A Cozinha Sincera no YouTube.

Bacalhau em Crosta de Amêndoas.

Entre o tempo de preparação e cozimento não mais do que 1:30 minutos. O que você acha?

E lembre-se a Ceia de Natal é uma celebração da Vida e não do trabalho.

Boa noite a todos.

Clafoutis de Pêssego. Porque a vida já é complicada.

Então o dia está fresco, preguiçoso e lento e você está mais para um estado contemplativo do que combativo. Há uma certa preguiça no ar junto com uma vontade irresistível de sentar no sofá com algo quentinho para comer enquanto assiste um bom filme ou lê um bom livro. Acompanhado de um xícara de café é claro, ou chá se você preferir.

image.jpg

Mas o quê pode preencher tantos critérios de forma valorosa pois vejamos, tem que ser rápido, fácil, descomplicado, os ingredientes tem de estar a disposição e você não quer sujar um monte de coisas e ter de limpar depois…

Clafoutis é a solução para todas essas questões pois é uma “torta” feita com um creme a  base de ovos, leite e pouca farinha, aromatizado com baunilha e adicionado a cerejas frescas que é assada no forno e comida morna.

Mas, dirão vocês, cerejas frescas são uma “frescura” cara e difícil de achar aqui no Brasil.

Verdade. Assim sendo você pode substituir por ameixas, pêssegos, nectarinas, pêras… Mas é bom que se diga, somente para sermos puristas, que em não sendo de cerejas o nome deveria ser “flognardes” e não Clafoutis e que essa é uma receita francesa e que os franceses levam muito a sério suas tradições.

image

Esclarecimentos feitos, vamos à receita.

Ingredientes:

  1. 1 xícara de leite bem quente mas não fervendo.
  2. 3 ovos.
  3. 1/2 xícara de açúcar.
  4. 1/2 xícara de farinha de trigo. Usei 1/3 de xícara de farinha de arroz para uma receita sem glúten.
  5. Frutas. Como usei pêssegos, contabilizei 2 pêssegos médios por pessoa, destacados e cortados.
  6. Essência natural de baunilha a gosto. Se não tiver essência natural use raspas de limão, de laranja,  um pouco de rum, mas evite usar aromas artificiais.

Modo de Fazer:

Coloque o forno para aquecer a 200 graus.

Unte com manteiga e polvilhe açúcar em formas individuais ou em um refratário médio.

Bata os ovos com o açúcar até espumar bem. Você pode fazer à mão, na batedeira ou no liqüidificador.

Adicione o leite e continue batendo vigorosamente.

Adicione  os outros ingredientes e bata mais um pouco até incorporar bem.

Coloque a fruta nas formas, adicione o creme e leve para assar por 30 minutos.

 

Sirva morno polvilhado de açúcar de confeiteiro, acompanhado de sorvete, creme de leite fresco, geléia…

image

Pegue sua xícara de café, seu “presente” e “carpe diem” .

O vídeo da receita já está disponível no canal A Cozinha Sincera no YouTube e pode ser visto clicando no link abaixo.

Clafoutis de Pêssego.

Tenham todos um bom final de dia e um ótimo final de semana.